A fiscalização do exercício profissional nas áreas da Agronomia, Engenharia, Geologia, Geografia e Meteorologia, seja no nível superior ou médio, tem como principal fundamento a proteção da sociedade através da garantia de serviços prestados por profissionais legalmente habilitados. Dessa forma, elimina-se uma parcela considerável de leigos exercendo ilegalmente a profissão e/ou profissionais em situação irregular com o Sistema Confea/Crea.

A legislação determina que somente pessoas físicas ou jurídicas legalmente habilitadas podem executar obras e serviços nas áreas da Agronomia, Engenharia, Geologia, Geografia e Meteorologia, pois estão aptas a oferecer à sociedade um acompanhamento idôneo e tecnicamente eficaz. O papel dos Creas é justamente fiscalizar o cumprimento desta legislação. Portanto, as obras e serviços que não tenham sido ou que não estejam sendo executados por profissional habilitado são caracterizados como Obras e Serviço Clandestino.

Com este propósito, o Crea-PI disponibiliza este espaço para que os profissionais e cidadãos sejam nossos parceiros nessa missão. As denúncias por infração ao Código de Ética profissional devem ser protocoladas na sede do Crea-PI ou em uma das Inspetorias do Conselho, mediante apresentação de provas documentais da infração.

IMPORTANTE! Informamos que este Conselho é o órgão responsável pela fiscalização e promoção do exercício profissional de Engenharia, Agronomia e Geociências. Nossa responsabilidade é verificar se toda obra ou serviço ligado às profissões do sistema CONFEA/CREA possui acompanhamento de profissional responsável técnico.
Não nos compete a fiscalização dos seguintes casos:
– Trabalhadores sem equipamentos de segurança (EPI – Equipamentos de Proteção Individual). Neste caso as denúncias devem ser dirigidas às Delegacias Regionais do Trabalho.
– Riscos de desabamento e questões de segurança em edificações, recuos de obras, invasão de terrenos vizinhos, aberturas em divisas de terrenos, entrega de alvarás, etc. Para esses casos é necessário entrar em contato com a Prefeitura da Cidade.
– Questões financeiras, comerciais, perdas e danos gerados de contratos de prestação de serviços de profissionais ligados ao CREA podem ser encaminhadas à Justiça Comum.
ESTOU CIENTE DO INDEFERIMENTO DO PROTOCOLO NOS CASOS EM QUE A DENÚNCIA SE ENQUADRE NOS ITENS CITADOS ACIMA

(Campos marcados com * são obrigatórios.)

Estou ciente, quero realizar a Denúncia. "*"

Deseja registrar uma denúncia anônima? (em ambos os casos, os dados NÃO serão repassados ao denunciado). "*"

INFORMAÇÕES DO DENUNCIANTE
Efetuar denúncia como um(a):

ENDEREÇO DO LOCAL ALVO DA DENÚNCIA "*"

MODALIDADE

INFORMAÇÕES DO PROPRIETÁRIO

Digite aqui um breve resumo da denúncia, juntamente com observações relevantes à mesma. "*"

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support