PROGRAMA JOVEM ENGENHEIRO

O Programa Jovem Engenheiro tem propósito de implementar em âmbito estadual as ações direcionadas aos profissionais recém-graduados das áreas abrangidas pelo Sistema Confea/Crea, possibilitando-lhes orientação para ingresso no mercado de trabalho, além de fomentar a participação deles nas atividades do Sistema e nas entidades de classe.

O programa está dividido em coordenações que respondem por temas e áreas específicas que compõem o objetivo geral da sua criação. São elas:

  1. COORDENAÇÃO GERAL;
  2. COORDENAÇÃO DE CAPACITAÇÃO;
  3. COORDENAÇÃO DE EMPREENDEDORISMO E EMPREGO;
  4. COORDENAÇÃO DE LEGISLAÇÃO E ÉTICA;
  5. COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E EVENTOS

2. DA PARTICIPAÇÃO

Todo profissional com registro regular no CREA-PI, poderá participar voluntariamente das atividades no âmbito do Programa Jovem Engenheiro, a título honorífico e gratuito.

  1. DA FINALIDADE

O Programa Jovem Engenheiro tem por finalidade:

Estreitar as relações do Crea-PI com os jovens profissionais por meio das instituições de ensino, entidades profissionais e organizações públicas e privadas correlatas, contribuindo na qualificação dos profissionais, estabelecendo convênios e parcerias, apoiando os movimentos empreendedores, discutindo a ética profissional, promovendo o amplo debate da engenharia e agronomia, bem como o papel social das profissões abrangidas pelo Sistema Confea/Crea.
I.Orientar o Jovem Engenheiro em sua relação com o mercado de trabalho;
II..Realizar e participar de eventos que promovam a qualificação dos profissionais para o cotidiano e ao mercado de trabalho;
III.realizar e participar em atividades e eventos que promovam a igualdade de gênero no âmbito das profissões abrangidas pelo Sistema Confea/Crea;

  1. DAS COORDENAÇÕES
  • COORDENAÇÃO GERAL

Tem como objetivo coordenar a equipe e as atividades, o controle, a análise e o planejamento do fluxo de atividades e processos administrativos do Programa JOVEM ENGENHEIRO.

  • COORDENAÇÃO DE CAPACITAÇÃO

Essa pasta tem por competência planejar, coordenar, ofertar, executar e avaliar os programas de capacitação e treinamento.

Compete à Comissão de Capacitação

I – Diagnosticar, através de levantamento de demandas, as necessidades e prioridades de capacitação dos jovens engenheiros e formular projetos de cursos buscando a melhoria das atividades desenvolvidas;

  • COORDENAÇÃO DE EMPREENDEDORISMO E EMPREGO:

Esta coordenação visa estimular o empreendedorismo, uma vez que este nasce com o surgimento de uma ideia inovadora ou por necessidade. Orientar os profissionais sobre essa oportunidade é de extrema importância para cenário da engenharia, visto que é um segmento que oferece um leque de campos para a atuação no mercado.

Compete à Coordenação de Empreendedorismo e Emprego

I – Fomentar ações de disseminação de conteúdos relacionados ao empreendedorismo na engenharia, tais como: Abertura de empresa, Modelo e plano de negócios, Startups,Programa de Incubadora, entre outros.

  • COORDENAÇÃO DE LEGISLAÇÃO E ÉTICA

Esta coordenação visa disseminar conteúdos relacionados à legislação e ética profissional, bem como orientar sobre normas e regras disponíveis aos profissionais e que refletem diretamente na sociedade. Dessa forma, estimular a conscientização da comunidade sobre a valorização profissional é um ponto importante a ser trabalhado.

  • COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E EVENTOS:

Esta coordenação tem o objetivo de aproximar os eventos do Programa Jovem Engenheiro com outras entidades da sociedade. Dessa forma, trazer instituições para apoiar ideias e levar conteúdo de qualidade para a comunidade e jovens profissionais do sistema.