Profissionais de Oeiras discutem melhorias para o Sistema em Encontro Microrregional do 10º CEP

A primeira capital do Piauí, Oeiras, não poderia ficar de fora do 10º Congresso Estadual de Profissionais (CEP) do Piauí. Na última terça-feira (09), os profissionais da cidade participaram do Encontro Microrregional Preparatório, que tem como objetivo orientar os presentes sobre o CEP e ouvir suas propostas acerca das melhorias que julgam necessárias na regulamentação das categorias que integram o Sistema Confea/Crea/Mútua. Duas palestras marcaram o evento, abordando a Plataforma BIM, ministrada pelo eng. civ. Dinart Nunes Júnior e sobre Gestão de Resíduos Sólidos e ICMS Ecológico, com o Eng. Agr. José Sales.

O Presidente do Crea-PI, Ulisses Filho, explicou aos presentes a importância do Encontro Microrregional. “Estamos aqui hoje para falar sobre o CEP, queremos explicar a vocês como será esse Congresso e ouvir suas propostas para criar diretrizes que vão nortear a ação do Sistema Confea/Crea/Mútua nos próximos três anos. Portanto, é fundamental a participação dos profissionais nessa discussão”, declarou. A ocasião marcou também a inauguração do auditório da Inspetoria de Oeiras. “Espero que o auditório seja usado por vocês com discussões de interesse da sociedade e que aconteça cursos profissionalizantes”,afirmou.

 

O Inspetor-chefe de Oeiras, Eng. Civ. Júnior Lopes parabenizou a gestão por estar aberto ao diálogo com os profissionais; a iniciativa do Crea-PI em levar o Encontro para o município e ressaltou a importância da participação dos profissionais. “Vocês devem reivindicar o que necessitam, até para terem o que cobrar futuramente”, afirmou.

 

 

O Diretor-Geral da Mútua, Manoel Coelho, lembrou aos profissionais do motivo do evento e pediu que elencassem suas demandas. “Viemos ouvir  os problemas locais. Eles serão relacionados e os que forem aprovados no CEP serão enviados para o Congresso Nacional de Profissionais (CNP). É a hora de citar os problemas que nos afetam no dia a dia para aprovarmos sugestões de melhorias”, explicou.

 

 

 

 

Na oportunidade, foram ouvidas propostas relacionadas à questão do pagamento de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e formação profissional. O Eng. Civ. Adriano Gomes ressaltou a relevância do evento e a inauguração do auditório. Quanto  à propostas para o 10º CEP, o profissional propôs a alteração dos valores de ART pagos pelos profissionais, conforme o número de projetos que assinam.

 

 

 

Outra sugestão foi dada pelo Agente de Desenvolvimento do Território Vale do Canindé, Téc.em Agropec, Levi Lustosa, frisou que o Encontro foi importante para que evolua o trabalho e como a tecnologia traz mudanças no trabalho. “Hoje foi nos apresentado a Plataforma BIM e como revoluciona a forma de trabalho”, disse.

 

 

 

Também prestigiaram o evento o Inspetor-Secretário de Oeiras, Eng.Civ Kelson de Almeida; o Inspetor-Tesoureiro, Eng. Agrim. Jammycksael Carvalho Sousa; o Conselheiro do Crea-PI e Coordenador do 10ª CEP, Eng. Eletric. Moacyr Gayoso; os Conselheiros e Membros do 10ª CEP, Eng. Civ Pablo Santana, Eng. Civ Laílson Ancelmo e Eng. Agr. José Sales; o Conselheiro do CREA-PI, Eng. Agr. Raimundo Nonato e o Assessor da Presidência e Presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Piauí, Francisco Lira.

 

O Inspetor-Secretário de Oeiras, Eng.Civ Kelson de Almeida; o Inspetor-Tesoureiro, Eng. Agrim. Jammycksael Sousa; Presidente do Crea-PI, Ulisses Filho; o Inspetor-Chefe, Eng.Civ. Júnior Lopes e o Conselheiro do Crea-PI, Eng.Civ. Laílson Ancelmo. ( esq/dir)

 

O presidente do Crea-PI, Ulisses Filho, com os Membros do 10º CEP. Eng. Civ. Laílson Ancelmo; Eng. Eletric. Moacyr Gayoso; Eng. Civ Pablo Santana e Eng. Agr. José Sales. (esq/dir)

 

O palestrante Eng.Civ. Dinart Nunes explicando sobre a Plataforma BIM.
Membros do 10º CEP abordando os Eixos Temáticos


 

 

Mútua em pauta –  Além de apresentar os benefícios da MÚTUA-PI, o Diretor Geral da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea, Manoel Coelho, sorteou brindes aos presentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.